A EDP Distribuição e Jardim Zoológico levaram a magia do Natal a 17 crianças do Vale de Chelas, que frequentam dois projetos locais do Clube Intercultural Europeu. Objetivo, mostrar que «os animais são nossos amigos».A EDP Distribuição e o Jardim Zoológico proporcionaram, no passado sábado, uma tarde alegre, diferente e especial a 17 crianças e jovens, dos 6 aos 16 anos, que residem em bairros prioritários do Vale do Chelas e estão integradas em dois projetos do Clube Intercultural Europeu: a Associação de Moradores do Bairro Portugal Novo Paz, Amizade e Cores, e o projeto Sementes a Crescer.

Ao longo da tarde, as crianças viveram a magia do Natal e celebraram esta época festiva com uma visita guiada ao reino animal do Jardim Zoológico (onde puderam ver várias espécies desde zebras e tigres, até girafas, suricatas e leões, e ainda assistir a uma apresentação de aves no “Bosque Encantado”), e a construção de um fantástico comboio de Natal no espaço da EDP Distribuição.

“Esta ação é importante para proporcionar aos miúdos novas experiências, e fazê-los interagir noutro contexto, contribuindo para o seu desenvolvimento pessoal. Graças a iniciativas como esta, as crianças ganham um maior respeito e interagem umas com as outras, em que cada uma delas dá um bocado de si e aprende a trabalhar em equipa, tornando-as pessoas melhores”, salientou Nuno Furtado, da Associação de Moradores do Bairro Portugal Novo Paz, Amizade e Cores.

Também Esmeralda Luís, do projeto Sementes a Crescer, destacou a importância desta iniciativa visto que “é uma atividade que eles não fazem habitualmente, até porque os pais destas crianças têm dificuldades económicas e não têm possibilidade de os trazer ao Jardim Zoológico”.

Esta ação de Natal resulta de uma aposta da EDP Distribuição em parcerias de mecenato que liguem a empresa à comunidade, e o Jardim Zoológico é um exemplo perfeito de como essa parceria pode funcionar, pois é uma instituição muito importante para a cidade de Lisboa e para o turismo do país.

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.