MAIS DE SEIS SÉCULOS AO SERVIÇO DE LISBOA

0

Unidade de referência e excelência, o RSB de Lisboa, cuja origem remonta a 1395, comemora, terça-feira, o Dia da Unidade em «formato digital», com os «olhos postos no futuro» numa altura em que o país entra na 2ª fase do desconfinamento.

Este ano, ao contrário do que sucedeu em 2019, o Dia da Unidade do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa (RSB) vai ser comemorado na terça-feira, 19 de maio, «dentro de portas», num formato totalmente digital. A crise pandémica obrigou a que as comemorações do Dia da Unidade sejam online.

Assim, no Facebook do RSB serão difundidas, ao longo do dia 19 de maio, atividades, vídeos, testemunhos, mensagens, que pretendem dar a conhecer junto da população em geral o Regimento e a História do Socorro em Lisboa.

Esta iniciativa pretende «levar ao exterior dos quartéis esta efeméride, através das redes sociais» e, desta forma, comemorar a data com os munícipes de Lisboa e do País, «numa ótica de proximidade e confiança»,

«Um exemplo de coragem, de competência, e dedicação à causa pública na cidade», como tem referido por diversas vezes o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, o corpo operacional do RSB, é um «dos garantes da segurança e do bem-estar de Lisboa, para que esta continue a ser uma das cidades mais seguras da Europa».

Mas, para continuarem a garantir a sua missão, é essencial investir na contratação e formação dos profissionais, na aquisição de meios e equipamentos, na construção e expansão dos quartéis, salientam Fernando Medina e as organizações sindicais dos bombeiros.





Por seu turno, o comando do RSB, em comunicado, salienta a cooperação existente «com as entidades parceiras, públicas e privadas», o que tem permitido a «concretização de muitas atividades integradas na missão do RSB, como é o caso das juntas de freguesia, Agentes de Proteção Civil e Socorro, e outras Forças de Segurança e de Proteção Civil, congéneres nacionais e internacionais».

 

 

Crédito de fotos | https://www.facebook.com/RSBLisboa/

Escreva aqui o seu comentário...