METRO ARRANCA COM OBRAS DE EXPANSÃO DA REDE

0

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, preside hoje à assinatura do auto de consignação da primeira empreitada do Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa.

O Metropolitano de Lisboa assina hoje, pelas 10 horas, nas instalações do antigo Hospital Militar da Estrela (local da futura estação da Estrela), o auto de consignação da primeira empreitada do Plano de Expansão à Zagope – Construção e Engenharia S.A.

A assinatura deste auto de consignação enquadra-se no âmbito da concretização do Plano de Expansão da rede do Metropolitano de Lisboa para o prolongamento das linhas Amarela e Verde – Rato/Cais do Sodré. Esta empreitada diz respeito à construção do Lote 1: Execução dos toscos entre o término da Estação Rato e a Estação Santos para a concretização do Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa – Prolongamento das Linhas Amarela e Verde (Rato – Cais do Sodré).

O Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa tem como objetivo contribuir para a melhoria da mobilidade na cidade de Lisboa, fomentando a acessibilidade e a conectividade em transporte público, promovendo a redução dos tempos de deslocação, a descarbonização e a mobilidade sustentável.

A cerimónia conta com a presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do Secretário de Estado do Tesouro, Miguel Cruz, do Secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro e do presidente do Conselho de Administração do Metropolitano de Lisboa, Vitor Domingues dos Santos.

 




Quer comentar a notícia que leu?