MINISTRO DA SAÚDE VISITA HOSPITAL BEATRIZ ÂNGELO NO DIA DA SAÚDE MENTAL

Hoje, 10 de outubro celebrou-se o Dia Mundial da Saúde Mental, um dia internacional para a educação, conscientização e defesa da saúde mental global contra o estigma social. Para assinalar a data o ministro da Saúde, Manuel Pizarro, acompanhado pelo presidente da Câmara de Loures visitou os serviços de Psiquiatria do Hospital Beatriz Ângelo.

O Dia Mundial da Saúde Mental foi hoje assinalado, em Loures, com uma visita do ministro da Saúde, Manuel Pizarro, ao Hospital Beatriz Ângelo (HBA), e durante a qual defendeu que é necessário retirar o estigma que rodeias as questões de Saúde mental.

O ministro – que se encontrava acompanhado pelo presidente e pela vice-presidente da Câmara Municipal de Loures, Ricardo Leão e Sónia Paixão, respetivamente – destacou a importância e a necessidade de ter profissionais especializados, como os psiquiatras, os pedopsiquiatras e psicólogos, mas disse que, “felizmente, a grande maioria dos casos são perturbações de gravidade menor que podem e devem ser tratadas nos serviços de saúde mais próximos da comunidade”.

A diretora do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do HBA, Maria João Heitor, deu a conhecer o trabalho desenvolvido nos serviços de Psiquiatria e de Psiquiatria da Infância e da Adolescência, que servem uma população de cerca de 300 mil habitantes, adiantando que, a breve trecho, se iniciará o trabalho, a desenvolver em três polos, das equipas de saúde mental comunitárias, através das quais se pretende reforçar as respostas de proximidade às pessoas que vivem com problemas nesta área.

De acordo com Maria João Heitor, um desses polos ficará localizado no concelho de Loures (na Mealhada), em instalações cujas obras de remodelação serão asseguradas pela Autarquia.

Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal de Loures enalteceu “o esforço” que tem sido realizado pela administração do HBA para suprir algumas dificuldades com que se tem deparado. Ricardo Leão sublinhou também a necessidade de ser dada autonomia de contratação de pessoal para este equipamento de saúde, que se depara hoje com carências em várias áreas.





Manuel Pizarro afirmou que o novo modelo de gestão do Serviço Nacional de Saúde, que vai ser agora implementado com uma direção operacional autónoma, visa dar “muito maior autonomia” às instituições para contratarem.

No átrio do HBA, pode por estes dias ser vista a exposição Dentro da minha cabeça, com trabalhos dos utentes do Hospital de Dia do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental, através dos quais se procura dar a “conhecer um pouco mais sobre o que vai na mente de cada autor”, numa “colorida viagem” pelas suas “mentes criativas”.

A secretária de Estado da Promoção da Saúde, Margarida Tavares, o presidente do conselho diretivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Pisco, e o presidente e o vice-presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Hugo Martins e Edgar Valles, também estiveram presentes na visita.

Quer comentar a notícia que leu?