NOVA UNIDADE DE SAÚDE DO CATUJAL-UNHOS ABRE NO VERÃO DE 2023

No sábado, o presidente da Câmara Municipal de Loures, Ricardo Leão, cumpriu uma das promessas eleitorais que realizou durante a campanha eleitoral: presidiu à cerimónia de lançamento da primeira pedra da Unidade de Saúde do Catujal, Unhos, que deverá estar concluído no prazo de um ano. Ou seja, deverá abrir as portas no verão de 2023.

Ricardo Leão prometeu durante a campanha eleitoral e a vice-presidente da Câmara Municipal de Loures, Sónia Paixão, reafirmou essa intenção em entrevista a Olhar Loures (edição impressa), que a autarquia vai construir novos centros de saúde no concelho. Assim e para servir uma população com cerca de 14 mil utentes na União de Freguesias do Catujal, Unhos e Apelação, a Câmara Municipal de Loures iniciou no sábado, as obras de construção da Unidade de Saúde do Catujal-Unhos. Ricardo Leão, presidente do Município, e o presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Pisco, lançaram na manhã de sábado (7 de maio) a primeira pedra da futura unidade de saúde.

O novo centro de Saúde do Catujal, no concelho de Loures, deverá abrir portas no verão de 2023, num investimento de 3,3 milhões de euros para servir 14 mil utentes, divulgou hoje o município do distrito de Lisboa.

A construção deste equipamento de saúde, que vai servir as localidades de Catujal, Unhos e Apelação, hoje iniciado, tem um prazo de execução de 465 dias, segundo adiantou a vice-presidente da Câmara Municipal de Loures, Sónia Paixão, que sublinhou que esta «é uma importante unidade de saúde para o nosso concelho. Vai responder a cerca de 14 mil utentes e vai ao encontro daquilo que era a nossa política de reabilitação das infraestruturas da área da saúde».

Segundo Ricardo Leão, o novo equipamento de saúde, que representa um investimento de 3,3 milhões de euros, será construído num terreno cedido pelo município, na Rua António Sérgio, junto ao Parque Verde do Planalto do Catujal, sendo constituído por um edifício de dois pisos e uma zona de estacionamento, lembrando que o lançamento do concurso para a construção do centro de Saúde do Catujal, localizado na União de Freguesias de Camarate, Unhos e Apelação, ainda decorreu durante o anterior mandato autárquico, presidido pelo comunista Bernardino Soares.

«É uma infraestrutura que era ansiada pela população há imenso tempo», notou também o presidente do Município, considerando o equipamento de saúde que serve atualmente aquela população funciona «num edifício completamente inapropriado para este efeito», adiantando que este equipamento «vai resolver algo que estava por resolver há muitas décadas». «Da nossa parte, a Saúde foi e é uma prioridade», afirmou, lembrando que o Centro de Saúde de Santa Iria de Azóia se encontra atualmente em construção, que deverá abrir portas este verão, para servir cerca de 20 mil utentes.





Concluído este processo, o presidente da Câmara Municipal de Loures anunciou que estão em curso os processos para a construção dos centros de Saúde de Santo Antão do Tojal, Camarate e Bobadela.

Em matéria de saúde, em entrevista concedida a Olhar Loures 1º trimestre, a vice-presidente Sónia Paixão explica que houve uma mudança na atitude do executivo autárquico que, ao contrário do anterior que só exigia, o atual executivo tem desenvolvido uma frutuosa cooperação com o Governo e com as autoridades de Saúde. «E, é por isso, que em Loures, ao contrário do que sucedeu nos concelhos da Amadora, Odivelas, Sintra, Oeiras e Vila Franca, devido à atitude do anterior executivo que só sabia exigir, apenas está em fase de conclusão a construção do Centro de Saúde de Santa Iria da Azoia, financiado a 100% pelo Governo», adianta Sónia Paixão referindo que «agora, devido à nossa postura e seja por via do PRR, ou do próximo quadro comunitário, ou por via do orçamento de Estado, ou por via do orçamento municipal, vamos construir 4 novas unidades de saúde: Bobadela, Camarate, Catujal e Santo Antão do Tojal, estamos a trabalhar afincadamente para a concretização destas prioridades».

 

 

 

Quer comentar a notícia que leu?