NOVO PÁROCO DE CARNAXIDE CONTRA QUARTOS ENCERRADOS EM LAR DA TERCEIRA IDADE

0

Por causa de um espaço equivalente a um baralho de cartas (18 cm3), o Lar da Paróquia de Carnaxide tem dois quartos encerrados. Revela o pároco Pedro Coutinho, colocado há 4 meses em Carnaxide.Pedro Coutinho, é pároco, desde outubro, da Igreja de Carnaxide. Todos o conhecem por Padre Pedro e pela relação de proximidade que faz questão de manter com todos na comunidade. Tem 50 anos e é natural de Vila Real.

Este transmontano, que cedo abandonou a terra para seguir o «seu dom de Padre», é um clérigo conhecido das gentes de Carnaxide. Nos anos 80, ainda um jovem, esteve colocado na paróquia da vila, tendo sido um dos responsáveis pela formação dos Escuteiros (Agrupamento 908) e por outras atividades de cariz social desenvolvidas na altura, nomeadamente apoio alimentar às famílias mais carenciadas da então Junta de Freguesia de Carnaxide.

Oriundo de um meio rural, o Padre Pedro salienta a «dimensão social da paróquia de Carnaxide que, ao longo das últimas décadas, desenvolveu várias atividades de apoio aos mais velhos, aos mais carenciados e aos jovens e famílias».

Melhorar a vida das pessoas, atenuar o sofrimento e lutar por uma sociedade de paz e não violência, compondo o que «a sociedade estragou», são algumas das «linhas de força» da atuação deste padre que, após ter sido ordenado, esteve como missionário em Madagáscar e, posteriormente, na Índia.

Colocado há cerca de 5 meses na Paróquia da vila, o Padre Pedro, que tem «muitos irmãos em Carnaxide, pretende criar, no seguimento do trabalho desenvolvido pelos seus antecessores, melhores «condições para as famílias», tanto em termos de apoio à terceira idade, como no apoio aos pais que necessitam de «deixar» os filhos, enquanto estão a trabalhar.

(Noticia a desenvolver na edição impressa de Olhares de Carnaxide e Queijas | Março)