OEIRAS ASSINALA 40 ANOS DA CORRIDA DO TEJO COM EXPOSIÇÃO NO PALÁCIO DO EGIPTO

“Desafiando a Liberdade. 40 anos da Corrida do Tejo” é o título da exposição comemorativa do 40º aniversário da Corrida do Tejo, que será inaugurada pela Câmara Municipal de Oeiras no dia 3 de fevereiro, às 17H30, no Centro Cultural Palácio do Egipto, localizado no centro histórico da vila de Oeiras.

Assinalar o 40º aniversário de uma das mais importantes provas de corrida de estrada do panorama nacional e uma das mais emblemáticas marcas da identidade de Oeiras, é um dos principais objetivos da exposição “Desafiando a Liberdade. 40 anos da Corrida do Tejo», onde se «relata», conforma afiança a autarquia oeirense, «a sua génese, a fantástica evolução que a corrida teve ao longo do tempo nos seus mais diversos aspetos e, ainda, dando a conhecer parte da História do Desporto no concelho».

Segundo a câmara presidida por Isaltino Morais, para além de se ter convertido num fenómeno de democratização, a Corrida do Tejo é, também, uma manifestação de liberdade e cultura, que faz parte do Património Cultural Imaterial de Oeiras.

Desafiando a Liberdade. 40 anos da Corrida do Tejo”, que, a partir de 3 de fevereiro, vai estar patente no Palácio do Egipto, «baseia-se num discurso expositivo inovador com recurso às novas tecnologias, onde o visitante poderá, de forma metafórica, quilómetro a quilómetro, deslumbrar-se com a ambiência competitiva e festiva desta prova que, anualmente, cobre a estrada Marginal de cor e alegria», garante a autarquia.

A exposição estará patente ao público de 4 de fevereiro a 30 de abril, podendo ser visitada de terça-feira a sábado, das 11H às 17H, encerrando aos domingos, segundas e feriados.





Quer comentar a notícia que leu?