OEIRAS INAUGURA CENTRO DE DADOS E FICA COM CIBERDEFESA DA NATO

0

Após a transferência para o concelho da Escola de Comunicações e Sistemas de Informação da NATO, Oeiras dispõem desde, ontem, de um novo Centro de Processamento de Dados (Data Center), em Carnaxide.

Isaltino Morais e Francisco Rocha Gonçalves, respetivamente presidente e vice-presidente da Câmara Municipal de Oeiras, estiveram na inauguração do novo Centro de Processamento de Dados (Data Center), em Carnaxide, para promover a transição digital que permite continuar a avançar para um modelo de gestão mais próximo dos munícipes e mais transparente na tomada de decisões.

A Transição digital tem sido uma das preocupações destes dois dirigentes autárquicos que, recentemente, estiveram na abertura oficial da Academia de Comunicações e Informação da NATO (NCI Academy), com o primeiro-ministro, António Costa, e o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenber.

O novo Centro de Dados, que vai funcionar em “espelho” com o atualmente existente, garantindo assim a continuidade e disponibilidade dos sistemas de informação, das infraestruturas de comunicações e proporcionando uma maior segurança em todos os procedimentos de administração eletrónica, através dos quais os cidadãos se relacionam com a Câmara Municipal.

Esta nova infraestrutura é fundamental para garantir a completa resiliência dos sistemas tecnológicos municipais, garantindo que a disponibilidade dos mesmos não está condicionada a constrangimentos ou acidentes que possam ocorrer.

O novo Data Center, fundamental para a estratégia de Oeiras enquanto território inteligente, insere-se no plano de ação que o Município tem levado a cabo no âmbito da transformação digital e tem como principal objetivo a gestão de infraestruturas tecnológicas e a melhoria da qualidade do todos os sistemas e serviços municipais.





Este equipamento oferece todas as garantias de serviço cumprindo com as melhores práticas internacionais, no que se refere à segurança, continuidade de negócio e eficiência energética e, aproveitando o momento do lançamento, foi ativado o anel de fibra ótica da rede privada do município, interligando três nós centrais – edifício da Polícia Municipal, oficinas de Vila Fria e Paços do Concelho – num perímetro de 52 quilómetros e com largura de banda até 100 Gbits, é a primeira fase de um projeto que visa interligar todos os edifícios municipais através de uma infraestrutura própria de fibra ótica.

A infraestrutura própria de fibra ótica do município de Oeiras assegura a autonomia, largura banda de alto débito, segurança e a necessária interconetividade para os mais diversos projetos de inovação e smart cities do concelho.

Escola de comunicação da NATO

Por outro lado, e ainda numa área tecnológica, Isaltino Morais esteve na inauguração oficial da Academia de Comunicações e Informação da NATO (NCI Academy), que contou com a presença do Primeiro Ministro, António Costa, do ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, do ministro da Defesa, João Gomes Cravinho. A NATO fez-se representar ao seu mais alto nível, pelo secretário-geral, Jens Stoltenberg.

A abertura desta Agência da NATO assume especial importância neste momento em que a NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte) repensa o conceito estratégico da Aliança Atlântica.

A academia em Oeiras é uma estrutura especializada em formação e treino nas áreas de comunicações e sistemas de informação e ciberdefesa. A transferência para Oeiras da Escola de Comunicações e Sistemas de Informação da NATO, antes sediada em Itália, resultou de um compromisso assumido em 2010 na sequência da reorganização dos comandos da Aliança Atlântica.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here