OEIRAS INVESTE 673 MIL EUROS NA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS A ESTUDANTES

0

A autarquia de Oeiras está empenhada em ter no concelho os melhores alunos do País e, por isso, está a investir na formação de quadros técnicos superiores, atribuindo 440 bolsas de estudo e sete de mérito a estudantes do concelho. Este ano, não foi atribuído um limite na atribuição dessas bolsas, por decisão do presidente da Câmara, Isaltino Morais.

A Câmara de Oeiras atribuiu sete Bolsas de Mérito e 440 Bolsas de Estudo a estudantes do concelho, para o Ano Letivo 2020/2021, num valor total de 673 mil euros (Bolsas de Mérito: 35 mil euros; Bolsas de Estudo: 638 mil euros), por considerar importante o investimento na formação de quadros técnicos superiores residentes no concelho, contribuindo assim para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural.

A par das Bolsas de Estudo, atribuídas aos estudantes de menores recursos económicos e com bom aproveitamento escolar,  a autarquia criou uma bolsa adicional, de Mérito, para os cidadãos que se evidenciam pelos seus contributos para a comunidade, com o intuito de distinguir o mérito e reconhecer a importância da participação cívica e da sabedoria adquirida em contextos de aprendizagem não formais.

Em comunicado a edilidade refere: «as Bolsas de Estudo destinam-se a estudantes matriculados em cursos conducentes ao grau de licenciatura com ou sem mestrado integrado e ao grau de mestrado, sendo atribuídas em função dos rendimentos anuais do agregado familiar. A novidade deste ano é que não foi imposto um limite na atribuição destas Bolsas, por decisão do presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, tendo sido dado esse benefício a todos os estudantes elegíveis e que comprovadamente necessitassem de apoio para prosseguir os seus estudos no Ensino Superior».

Por sua vez, as Bolsas de Mérito são para os munícipes que se evidenciam pelos seus méritos pessoais ou contributos cívicos para com a comunidade, nomeadamente nos âmbitos social, cultural, académico, tecnológico, científico, económico, humanitário, desportivo ou outro que, pela sua importância notável, possa ser objeto de reconhecimento público.

Das 463 candidaturas submetidas para atribuição de Bolsas de Estudo, verificou-se que 440 reuniram condições de elegibilidade. Às Bolsas de Mérito houve 26 candidaturas, tendo sido atribuídas sete, aos estudantes que se destacaram por evidenciarem resultados escolares e/ou percursos de vida que se diferenciam, com notoriedade, no empenho que empregam para a progressão de estudos bem como na liderança de ações que contribuem para a coesão social. Destes, destacaram-se cinco estudantes no âmbito académico, um no âmbito social e um no âmbito desportivo.





Foto: Arquivo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here