OEIRAS VACINOU 1500 PROFESSORES E AUXILIARES

0

Durante este fim-de-semana, cerca de 1500 profissionais do ensino pré-escolar foram vacinados no Centro de Vacinação Anti-Covid, em Carnaxide. A Câmara de Oeiras disponibilizou o serviço gratuito de táxis para o transporte de professores e auxiliares ao centro de vacinação.

Cerca de 1.500 profissionais do ensino pré-escolar do concelho de Oeiras, docentes e não docentes, foram vacinados no Centro de Vacinação de Oeiras, no Pavilhão Carlos Queiroz, em Carnaxide, durante o fim-de-semana.

Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, acompanhado pelo vice-presidente, Francisco Gonçalves, pela vereadora do pelouro da Saúde, Teresa Bacelar, pelo vereador da educação, Pedro Patacho e pelo presidente da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, Inigo Pereira, acompanhou de perto esta fase de vacinação de docentes e não docentes do concelho.

O presidente da edilidade oeirense salientou que, até ao momento, a autarquia «investiu mais de 12 milhões de euros no combate à pandemia, de forma a garantir uma maior segurança à população», anunciando ainda que «vai ser assinado um protocolo com todas as farmácias do concelho» para estas «realizarem testes gratuitos da Covid 19 a toda a população do concelho».

O autarca, após garantir que vão ser mantidos todos os apoios sociais, lembrou que o município disponibilizou um Centro de Vacinação para a população no Pavilhão Carlos Queiróz, contratou enfermeiros para administração de vacinas, cedeu transporte para as equipas de vacinação e apoio logístico e de material e ainda assegurou o transporte gratuito, através de táxi, aos munícipes para o Centro de Vacinação, entre outros.

A vereadora Teresa Bacelar, por seu turno, salientou que «a vacinação dos professores e dos funcionários dos estabelecimentos pré-escolares já deveria ter sido realizada há três semanas, mas problemas com a vacina Oxford/AstraZeneca atrasaram toda a campanha de vacinação».


No entanto, como fez questão de referir, «toda a situação foi resolvida e, atualmente, o processo está a decorrer normalmente», revelando ainda que, até ao dia 25 de março, já foram vacinadas em Oeiras 11.500 pessoas no Centro de Vacinação COVID-19, à qual acresce 3.768 pessoas vacinadas em lares (utentes e profissionais) e ainda outros 500 profissionais (bombeiros e agentes da PSP).

Segundo Isaltino Morais, desde o início da pandemia, o município tem diligenciado no sentido de garantir uma atuação local que previna e minimize os efeitos da Covid 19, nomeadamente, através do apoio às entidades de saúde que garantem, no território, um importante suporte à população.

Assim, lembrou que a Câmara adquiriu e doou material e equipamento às instituições de saúde, nomeadamente ventiladores, peças de vestuário hospitalar, óculos de proteção e adquiriu testes Covid.

Mas, ainda no âmbito da Saúde Pública, a Câmara de Oeiras procedeu à distribuição gratuita de máscaras à população, tendo dado mais de 1.5 milhões de máscaras, em 32 pontos de distribuição, disponibilizando EPI às entidades sociais e de saúde locais (luvas, álcool, máscaras, fatos impermeáveis e viseiras – para 157 entidades da Rede Solidária e procedeu à monitorização de lares, centros de alojamento e outras estruturas residenciais, assim como equipamentos de infância, tendo prestado também apoio à limpeza e nebulização de equipamentos com respostas sociais.

Em Oeiras, o processo de vacinação arrancou, a 21 de janeiro, nas estruturas residenciais para pessoas Idosas (ERPI), Lares Residenciais (LR) e Unidades de Cuidados Integrados (UCCI). A vacinação à restante população teve início no dia 10 de fevereiro, no Centro de Vacinação COVID19 disponibilizado pelo Município, localizado no Parque Desportivo Carlos Queiroz, em Carnaxide.

Para facilitar a deslocação ao Centro de Vacinação, a Câmara Municipal de Oeiras alargou o serviço gratuito de táxis para os profissionais da educação durante sábado e domingo.

Quer comentar a notícia que leu?