OEIRAS VAI TER EQUIPAMENTO SOCIAL INOVADOR NA PROTEÇÃO À FAMILIA

0

Oeiras vai ter uma resposta inovadora a nível nacional para apoio a crianças e jovens em perigo, mas também às suas famílias. Este novo equipamento social vai ser construído em terrenos disponibilizados pela autarquia.

 Um Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental, para famílias e Centro Terapêutico de Capacitação Infantil vai ser construído, em Laveiras-Caxias. Este novo equipamento social, que terá as respostas de Casa de Acolhimento para Crianças e Jovens, dos 12 aos 18 anos, vai ser gerido pela Equipa Móvel de Desenvolvimento Infantil e Intervenção Precoce (EMDIIP), por ser uma Instituição Particular de Solidariedade Social, com experiência no apoio à infância e juventude.

Este novo equipamento vai ser construído numa parcela de terreno, com 1.456,60m2 de área, disponibilizada pela Câmara Municipal de Oeiras, através de constituição de direito de superfície, à EMDIIP.

A nova unidade, quando estiver em pleno funcionamento, vai permitir uma resposta mais célere na promoção e proteção dos direitos das crianças. Com capacidade para apoiar diretamente 135 crianças e 100 famílias em risco, o Centro de Terapêutico de Capacitação Infantil terá capacidade para 120 crianças com necessidades educativas especiais, enquanto a Casa de Acolhimento ficará com capacidade para 15 jovens (12-18 anos), dando resposta social e crianças e jovens em situação de perigo, de duração superior a 6 meses, com base na aplicação de medida de promoção e proteção.

Já o Centro de Apoio Familiar e Acompanhamento Parental (CAFAP), com capacidade para 100 famílias em risco, consistirá numa resposta social para famílias com crianças e jovens, dos 0 aos 18 anos, que se encontrem numa situação de risco ou perigo, cujo trabalho consiste em promover e fortalecer as competências pessoais, parentais e sociais. Esta valência compreende várias formas de intervenção, tais como aconselhamento parental, abordagem terapêutica e apoio psicopedagógico, entre outras.

Refira-se que, ao nível de funcionamento este novo equipamento terá como receitas as verbas provenientes dos protocolos de cooperação com o Instituto da Segurança Social, para as respostas da Casa de Acolhimento (a celebrar) e CAFAP (existente).




Quer comentar a notícia que leu?