PRAÇA CENTRAL DE QUEIJAS E LARGO 5 DE OUTUBRO VÃO SER REQUALIFICADOS

0

Dentro de seis meses, a Praça Central de Queijas vai estar requalificada, tanto em termos de espaço público como do parque edificado. Hoje, o presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, entregou os prémios do concurso de requalificação do largo 5 de Outubro, em Oeiras.

A Câmara Municipal de Oeiras aprovou a adjudicação da obra de requalificação da Praça Central de Queijas à empresa “Plandese, Lda”, na sequência de um concurso público, ficando o investimento fixado em 412.584,66 euros, com prazo de execução da obra de 6 meses.

A intervenção, realizada no âmbito da gestão global e integrada para a recuperação e revitalização do núcleo antigo de Queijas, inclui a requalificação do espaço público e a recuperação do parque edificado, de forma a revitalizar este centro de formação histórica.

Os trabalhos de requalificação vão incluir a construção/intervenção ao nível de pavimentos, sinalização espaços verdes, eletricidade e telecomunicações.

Esta intervenção, adianta a autarquia, «procura a melhoria da qualidade do espaço urbano dos seus munícipes e de todos aqueles que se interessam e desfrutam do ambiente urbano deste aglomerado, privilegiando a fruição do espaço pedonal e o conforto urbano».

Premiados os 3 melhores projetos de requalificação do Largo 5 de Outubro





Entretanto, hoje, o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, premiou os três melhores projetos que concorreram para a requalificação do Largo 5 de Outubro, sendo que a melhor proposta será concretizada em obra.

O arquiteto Miguel Marcelino, da Miguel Marcelino, Arquitecto, Lda, foi o primeiro classificado e recebeu um prémio no valor de 10 mil euros. O segundo classificado, arquiteto Vítor Hugo, da Coordenação e Gestão de Projetos, S.A.  recebeu um prémio de 5 mil euros e o terceiro classificado, arquiteto Luis Neto, da LNA – Architecture, Unipessoal, Lda., 2.500 euros.

Circundado por diversos equipamentos, comércio e serviços, no Largo 5 de Outubro será criada uma Praça em torno da Igreja Matriz, Mercado Municipal e Palácio do Egito, que será interligada à futura Praça Verney, com diversos espaços de estadia e lazer que potenciem a utilização deste espaço pelos peões, mantendo também a sua vertente para eventos culturais. O projeto vencedor foi o que reuniu melhor os critérios definidos de devolver a essência do Largo 5 de Outubro como o espaço público central e dinamizador da Vila de Oeiras. O projeto da proposta será desenvolvido em 2021, prevendo-se que a obra seja concluída em 2023, com um investimento previsto na ordem dos 2 milhões de euros.

As quatro propostas, apresentadas num concurso de ideias, estão agora expostas no Palácio do Egito.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here