QUINZE ATLETAS DO LINDA-A-PASTORA SPORTING CLUBE SAGRAM-SE CAMPEÕES NACIONAIS

1

O Linda-a-Pastora Sporting Club foi um dos emblemas mais badalados nos Campeonatos Nacionais de Veteranos organizados pela Associação Nacional de Atletas Veteranos (ANAV). 

O pequeno clube do concelho de Oeiras fez das tripas coração e arrecadou seis títulos de campeão nacional e mais seis de vice-campeão no escalão feminino, lutando como verdadeiros “leões” em todas as provas onde estiveram envolvidos.

Isabel Lino não só venceu toda a concorrência na prova de F70, como melhorou o recorde nacional dos 200 metros, que já lhe pertencia. Também nas estafetas “estivemos à altura de um grande clube: obtivemos o título de campeãs nacionais na estafeta de 4×100 metros no escalão de F40 e vice-campeãs na estafeta 4×400 metros no escalão F35, coletivamente obtivemos o título de vice-campeãs nacionais”, explica José Isidro, presidente do clube oeirense, enaltecendo o facto de um clube pequeno se ter tornado “grande a nível nacional no atletismo veterano”.

Os atletas masculinos, por seu turno, realizaram um verdadeiro brilharete e elevaram o nome do Linda-a-Pastora ao topo das classificações por nove vezes, obtendo nove títulos de campeões nacionais e 10 de vice-campeões nacionais, tendo ainda obtido nas estafetas de 4×100 metros e 4×400 metros, no escalão de M75, os títulos de campeões nacionais e vice-campeões na estafeta de 4×100 metros M55, coletivamente classificamo-nos em 3.º lugar.

Os Campeonatos Nacionais de Veteranos realizaram-se este fim de semana no Estádio Universitário de Lisboa e o clube da linha marcou presença nesta prova nacional com 34 atletas, 17 de cada género, e participaram em 116 provas, onde obtiveram excelentes resultados.

Para o presidente do clube, o Linda-a-Pastora Sporting Clube demonstrou, “mais uma vez, que se mantém como uma das melhores equipas nacionais nos escalões de veteranos”, pese embora “as condições de treino não serem melhores; por exemplo, os lançadores treinam num local sem qualquer condição de treino, o que impede o evoluir ainda mais os resultados desportivos dos atletas”, justifica.

1 COMENTÁRIO

Quer comentar a notícia que leu?