RICARDO LEÃO DERROTA BERNARDINO SOARES EM LOURES

0

Pouco passava das 2 horas da madrugada de hoje, quando Ricardo Leão assumiu a vitória nas eleições para a Câmara Municipal de Loures, derrotando Bernardino Soares que concorria para a sua terceira reeleição para a autarquia.

O socialista Ricardo Leão assumiu a conquista da Câmara de Loures à CDU nas eleições autárquicas deste domingo, sublinhando que a população do concelho «vai ter finalmente soluções e respostas» para os problemas da «recolha de lixos, da saúde e da habitação».

O novo autarca também assume que vai «acabar com as AUGI (Áreas Urbanas de Génese ilegal) do concelho». Para Ricardo Leão «é tempo de pôr um ponto final neste problema, que se arrasta há mais de 40 anos, em alguns casos, e dar sossego aos proprietários».

«A população do concelho de Loures manifestou-se de forma clara e nítida que quer mudança neste nosso concelho e acabar de vez com esta política do queixume e do passa culpas constante. Quer uma política em que a Câmara de Loures passe a ser interveniente e faça parte da solução de todos os problemas dos munícipes», salientou o eleito presidente da Câmara que, neste momento, sem maioria absoluta, tem que encontrar soluções para uma governação sem muitos sobressaltos. Todavia, como afirmou ao nosso jornal, «esse é um problema a resolver no futuro», não descartando, contudo, a hipótese de alianças.

O socialista Ricardo Leão, que pretende aproveitar todas as vantagens do Programa Recuperação e Resiliência(PRR), sucede na presidência do concelho de Loures ao comunista Bernardino Soares, que presidia o município do distrito de Lisboa desde 2013, salienta que «a população do concelho de Loures manifestou-se de forma clara e nítida que quer mudança neste nosso concelho e acabar de vez com esta política do queixume e do passa culpas constante».

O socialista Ricardo Leão assumiu a conquista da Câmara Municipal de Loures à CDU nas eleições autárquicas de domingo, sublinhando que a população do concelho «vai ter finalmente soluções e respostas» e que «soube mostrar, de forma responsável» que quer pôr fim àquilo que descreve como o «ciclo de empobrecimento, degradação, desinvestimento e até de abandono» que diz ser a marca da gestão de Bernardino Soares,

Segundo os dados provisórios do Ministério da Administração Interna, Ricardo Leão venceu as eleições autárquicas de domingo no concelho de Loures com 31,52% dos votos (4 mandatos).

O comunista Bernardino Soares, que presidia o município de Loures desde 2013, conseguiu 29,05% dos votos e o mesmo número de mandatos do PS.

A terceira candidatura mais votada foi a do PSD, encabeçada por Nélson Batista, que conseguiu 14% dos votos (2 mandatos).

A candidatura do Chega, a quarta mais votada, com 8,42% dos votos, conseguiu eleger um vereador.

Concorreram à Câmara Municipal de Loures Bernardino Soares (CDU), Ricardo Leão (PS), Nélson Batista (PSD), Jorge Santos (CDS-PP), Bruno Nunes (Chega), Filomena Francisco (Iniciativa Liberal), Soraya Ossman (PAN) e João Resa (PCTP-MRPP).

Ver resultados por freguesia Aqui

Quer comentar a notícia que leu?