SÁBADO É DIA DE CONHECER O MOSTEIRO DA CARTUXA E A QUINTA REAL DE CAXIAS

0

A Câmara de Oeiras está a convidar a população do concelho a visitar, no próximo sábado, o Mosteiro da Cartuxa e a Quinta Real de Caxias, para «mostrar» os trabalhos de reabilitação que estão a decorrer nesses dois monumentos.

No próximo sábado, 26 de junho, o Mosteiro da Cartuxa e a Quinta Real de Caxias vão ter as portas abertas, ao longo do dia, à população para, segundo a Câmara Municipal de Oeiras, dar a «conhecer os trabalhos desenvolvidos pelo Município na recuperação deste valioso património histórico».

A abertura está marcada para as 10 hora, que é também quando o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, irá inaugurar os Jardins da Quinta Real de Caxias, com novos percursos pedonais e com toda a envolvente recuperada.

Na visita aberta ao Mosteiro da Cartuxa, com horário previsto entre as 10:00 e as 20:00, os cidadãos vão poder verificar os trabalhos já desenvolvidos pelo Município neste monumento nacional, que é um dos dois conventos da Ordem dos Cartuxos no país, sendo o outro o Convento da Cartuxa de Évora.

O Mosteiro remonta a um primitivo templo erguido no vale da ribeira de Barcarena pelos frades da Ordem de São Bruno, sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição e de São Bruno de Colónia. Em 1736 foi concluindo o atual templo, em local mais ermo que o anterior, coincidindo com a época em que também se começava a erguer a Quinta Real de Caxias.

Desde 1903 que acolhe o Instituto Padre António de Oliveira. Em 2012, serviu de cenário para algumas filmagens do filme Comboio Noturno Para Lisboa, com Jeremy Irons.


Em maio deste ano, o Município de Oeiras tomou posse do Mosteiro da Cartuxa, até então pertencente ao Ministério da Justiça, prevendo investir cerca de 7,5 milhões de euros naquele património abandonado há 30 anos.

Quinta Real de Caxias

Quanto à Quinta Real de Caxias, trata-se de um património do século XVIII, classificado desde 1953 e aberto ao público desde 1986, quando foi assinado o primeiro protocolo entre o Ministério da Defesa e o Município de Oeiras.

Com esta visita aberta, entre as 10:00 e as 22:00, pretende-se dar a conhecer os trabalhos desenvolvidos pelo Município para valorização e beleza do espaço, podendo encontrar-se, no Jardim dos Buchos, por exemplo, o maior espólio de esculturas de Machado de Castro, compostas por 24 réplicas.

A Quinta Real de Caxias, ou Jardim da Cascata, ou Jardins da Quinta Real de Caxias, é o principal parque de Caxias, classificado como Imóvel de Interesse Público. Trata-se de um espaço de passeio criado em torno dos jardins do Paço Real de Caxias, sendo um exemplo das Quintas de Recreio que caracterizam Oeiras, e atualmente um dos elementos de maior interesse arquitetónico e histórico.

É um exemplar único no panorama da arte dos jardins pelo valor arquitetónico, escultórico e alegórico do conjunto da cascata, miradouro e grupos escultóricos. As suas esculturas de Machado de Castro são envolvidas por um ambiente ao estilo de Versailles.

Na recuperação da Quinta Real de Caxias, o Município de Oeiras vai investir cerca de 3 milhões de euros.

Os participantes serão organizados em grupos, sendo obrigatório o uso de máscara, devido à pandemia.

Abertura do open works

Por outro lado, também inserido na filosofia de mostrar «o que se está a fazer, a autarquia iniciou, na passada sexta-feira, o projeto Open Works, sob o lema «Este Património também é seu!».

O projeto Open Works, enquadrado no programa OEIRAS 27, pretende contribuir para a democratização do acesso ao bem coletivo que é o património cultural do concelho, garantido acessibilidade física e intelectual a todos.

Os trabalhos de recuperação e restauro, atualmente em curso, podem ser visitados no Palácio do Marquês de Pombal (Oeiras) e a na Capela de S. João Baptista em Linda-a-Pastora (Queijas). As visitas são acompanhadas por um Historiador e um Conservador Restaurador. Inscrições podem ser feitas para udph@oeiras.pt ou 214 404 847.

Datas e horários

De 18 de Junho a 31 de julho

Sextas-feiras: 18h00 – 20h00

Sábados: 10h30 – 12h30

Visitas alternadas entre os dois edifícios a cada semana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here