O anfiteatro da Academia Almadense foi o local escolhido pela Orquestra Metropolitana de Lisboa para dar, no próximo domingo, o primeiro concerto em colaboração com a Câmara Municipal de Almada.

Fruto de uma parceria entre a Metropolitana e a Câmara Municipal de Almada, a Orquestra Metropolitana de Lisboa sobe, assim, ao palco do Cineteatro da Academia Almadense, no dia 17 de fevereiro, domingo, às 16h00.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida pelo maestro Nicholas Kraemer (especialista em música do período barroco) vai apresentar obras do movimento artístico «Sturm und Drang» («Tempestade e Ímpeto») que despontou nas décadas de 1760 e 1770 nas sociedades germânicas. Rui Lopes, fagotista, estará em destaque neste concerto, com preços a 10 euros, e cujo programa inclui obras dos enormes Bach, Vivaldi e Mozart.

Esta conhecida orquestra lisboeta vai, desta forma, interpretar J. C. Bach Sinfonia em Sol Menor, Op. 6/6; A. Vivaldi Concerto para Fagote, RV 484;  J. C. Bach Concerto para Fagote, W. C82; e W. A. Mozart Sinfonia N.º 25, KV 183

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.