AFINAL A CARRIS SEMPRE VAI MUDAR HORÁRIOS

0

Com o país confinado por causa do agravamento da situação pandémica, a Carris decidiu diminuir o número de autocarros em circulação e, por isso, a partir de amanhã, quarta-feira, vai praticar os horários de dia útil de verão.

O agravamento da situação epidemiológica provocada pela pandemia Covid-19 e a suspensão por parte do Governo das atividades educativas e letivas de todos os estabelecimentos de ensino, bem como de um conjunto adicional de atividades económicas, levou a Carris «a adequar a oferta à procura e às necessidades de transporte do momento, salvaguardando a segurança para todos aqueles que continuam a ter de se deslocar de e para o trabalho», afirma a transportadora rodoviária em comunicado, emitido hoje.

Segundo a Carris, na passada semana registou-se, nos dias úteis, uma quebra na procura de 23%. Situação que tenderá a agravar-se com as medidas mais restritivas que foram introduzidas pelo Governo.

Perante esta realidade, a partir desta quarta-feira, 27 de Janeiro, serão praticados os horários de dia útil de verão, com as seguintes excepções: carreiras 706, 711, 726, 729, 735, 758, 767 e 781 funcionarão com horário dia útil de férias escolares; as carreiras de bairro 22B, 31B, 32B, 43B, 44B, 58B, 70B, 73B, 76B e 79B serão suprimidas; a carreira 24E e o Elevador de S. Justa serão suprimidos.

Por outro lado, nos fins-de-semana, o serviço irá manter-se com as alterações já anunciadas, sendo suspenso o serviço dos ascensores e elevador de Santa Justa, o elétrico 24E, bem como as carreiras 716, 720, 732 e 797 (considerando a existência de sobreposições com outras linhas da Carris), sendo ainda suspensas as Carreiras de Bairro com exceção da 40B.

Desta forma, a transportadora rodoviária acrescenta que estes horários vão manter-se em vigor enquanto durarem as medidas de confinamento, no entanto a Carris continuará a fazer uma monitorização diária e os ajustes necessários para garantir que o serviço é oferecido com segurança a todos os clientes, dando uma «especial atenção à limpeza e desinfeção dos veículos, de acordo com as recomendações da Direção Geral de Saúde e da Organização Mundial de Saúde».


No passado dia 14 de janeiro, como Olhares de Lisboa tinha anunciado, uma fonte da Carris tinha revelado que iriam ser efetuados cortes no número de autocarros a circular e que, a partir de 16 de janeiro, passando a funcionar com horários de verão, o que originaria um corte de 14% da oferta de transporte de passageiros, até terminar o estado de confinamento geral.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here