ÁGUIAS DE CAMARATE JÁ TEM NOVO CAMPO SECUNDÁRIO

Hoje, 12 de fevereiro, o Grupo Desportivo Águias de Camarate inaugurou o seu campo secundário. O presidente da Câmara Municipal de Loures, Ricardo Leão, aproveitou a cerimónia para realçar o trabalho social desenvolvido por este clube desportivo junto da comunidade local.

O presidente da Câmara Municipal de Lures, Ricardo Leão, esteve hoje na inauguração do novo campo secundário do Grupo Desportivo Águias de Camarate, que irá permitir a melhoria da prática desportiva dos atletas que frequentam esta coletividade do concelho de Loures, nomeadamente, as equipas seniores e juniores, assim como a competição das camadas de formação.

Ricardo Leão, que reafirmou a sua intenção de, a partir de junho, aumentar em 10 milhões de euros, ou seja passar para 24 milhões de euros, as verbas a transferir para as juntas de freguesia, fez questão de sublinhar o papel social que tem sido desenvolvido pelo Águias de Camarate, junto dos mais jovens. «Sei bem o trabalho social que este clube tem feitos com os mais jovens, assim como o apoio que tem dado aos jovens», salientou.

O papel social deste clube levou o autarca a refletir sobre «que tipo de clubes desportivos é que queremos para o concelho». Para Ricardo Leão, existem «aqueles clubes virados para a competição e aqueles clubes, que também lutam pelos sucessos desportivos, mas que tem um valor acrescentado, que é a vertentes social, virada para a promoção da atividade desportiva».

Na perspetiva do edil, «é a segunda vertente que deve ser adotada pelos clubes», mas, para isso, a Câmara a e as Juntas de Freguesia tem que dotar os clubes dos meios necessários para que eles enveredem por esse caminho, destacando que é imprescindível «fundamentar a prática desportiva no concelho, independentemente dos atletas serem craques ou não do futebol».

Ricardo Leão, após ter realçado que as novas capacidades financeiras das juntas de freguesia vão permitir investimentos em prol da melhoria da qualidade de vida das populações, anunciou que vão ser requalificados e construídos de raiz novos espaços desportivos, revelando ainda que «todas as escolas do concelho vão ter polidesportivos fechados.


«Todos os polidesportivos abertos vão ser tapados», adiantou, para de imediato dar uma boa nova à direção do Águias de Camarate: «a Câmara vai adquirir os terrenos contíguos ao clube, para permitir um maior crescimento do Águias de Camarate».

Por seu turno, o presidente da União de Freguesias de Camarate, Unhos e Apelação, Renato Alves, também salientou a importância da ação social deste clube, realçando que, durante a pandemia, sócios e dirigentes do Águias de Camarate organizaram-se para realizarem distribuição alimentar às famílias mais carenciadas da freguesia.

Renato Alves anunciou, ainda, que a União de Freguesias «vai pagar a vedação do campo» e investir 50 mil euros, nos próximos 4 anos, na aquisição de equipamento para os atletas do clube, salientando que a política deste executivo municipal é de «apoio à prática desportiva, sobretudo dos jovens, o que está intimamente ligado ao incremento da atividade física e da coesão social».

Por seu turno, o presidente do Grupo Desportivo Águias de Camarate, Carlos Queiroz, destacou que uma das preocupações fundamentais do clube prende-se com o crescimento saudável dos nossos atletas, evidenciando o trabalho desenvolvido pela escola de Futebol AC Clube na formação integral dos jovens, tanto a nível de pessoa como a nível de atletas.

Mas, como referiu, a atividade desportiva do Águias de Camarate não se restringe ao futebol. Além de já estarem a trabalhar para a inclusão de crianças com necessidades especiais, o Clube vai criar uma equipa de futebol feminino e já se pode praticar nas suas instalações artes marciais, ginástica e dança.

Carlos Queiroz, após ter acentuado a vertente da atividade social, sublinhou que o clube «está, neste momento, mais virado para fora: atletas e famílias, trabalhando com todas as entidades oficiais para a valorização do Águia de Camarate e da comunidade em que esta inserido».

Este novo equipamento do Águias de Camarate foi da responsabilidade da Câmara Municipal e implicou um investimento de mais de 170 mil euros, que permitirá a melhoria da prática desportiva dos atletas que frequentam aquela coletividade, proporcionando um espaço de treino para as equipas seniores e juniores, assim como para a competição das camadas de formação.

A intervenção consistiu na construção de um campo de Futebol 7 nas instalações do G.D. Águias de Camarate, tendo contemplado, entre outros trabalhos, a criação de uma rede de drenagem, a contenção das terras do talude junto à via exterior, a execução da rede delimitativa do campo de jogos, bem como a colocação de um relvado sintético e dos respetivos equipamentos desportivos.

Quer comentar a notícia que leu?