Kevin McNally, ator dos Piratas das Caraíbas, é um dos convidados da edição deste ano da Comic Con Portugal que, entre 12 e 15 de setembro, ocorre no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras.“O entretenimento é uma das coisas mais importante na vida das pessoas. Sem ele, as pessoas podem perder-se…” Este pensamento de Stan Lee, um dos principais criadores de histórias de banda desenhada, define bem os objetivos da edição, este ano, da Comício Con Portugal que, pela segunda vez, se realiza no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, de 12 a 15 de setembro.

Considerado o maior evento da Cultura Pop da Península Ibérica, a Comic Con Portugal, já na sua sexta edição, regressa ao Passeio Marítimo de Algés sob o signo da renovação, em termos de conteúdos e espaços do evento. As novidades começam no pórtico de entrada no recinto, que tem como pano de fundo a cidade imaginária de Nova Iorque, idealizado por Stan Lee, e continuam com o espaço renovado, pensado totalmente na experiência “dos visitantes, que estará pela primeira vez dividido em três grandes áreas: comercial, experiências e programa/auditórios”, revelou Paulo Rocha Cardoso, diretor-geral da Comic Con Portugal.

Durante a apresentação deste evento, onde esteve presente o vice-presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Francisco Gonçalves, e o ator da série “Os 12 Macacos” Todd Stashwich, o responsável da Comic Con revelou, por outro lado, que cada uma das áreas do evento terá conteúdos de 10 temáticas diferentes: cinema, televisão, banda desenhada, literatura, nem média, anime&manga, cosplay e comic-com kids.

Vantagens para Oeiras

Por seu turno, Francisco Gonçalves, vice-presidente da Câmara de Oeiras, após anunciar que este evento vai ficar em Oeiras nos próximos anos, defendeu que, “a Comic Con é um acontecimento internacional que dá uma grande visibilidade e prestígio ao concelho de Oeiras, bem como a toda a Área Metropolitana de Lisboa, gerando emprego e riqueza”.

Salientando que esta iniciativa “é uma das mais importantes que ocorrem na Península Ibérica”, Francisco Gonçalves revelou que o município de Oeiras “está a diversificar a sua política de realização de eventos”, apostando na criação de uma “imagem que leva mais turistas ao concelho” e que, logicamente, consomem nos restaurantes, lojas e transportes, “gerando mais riqueza, emprego e desenvolvimento”.

O autarca, após lembrar que o primeiro Comic Con ao ar livre se realizou em Oeiras, defendeu a “importância dos grandes eventos na promoção de um maior desenvolvimento económico e cultural”.

As estórias do “Cebolinha”

Em ambiente que primou pela informalidade, o vice-presidente da edilidade recordou alguns dos heróis da sua adolescência, nomeadamente a “Turma da Mônica” e o célebre “Cebolinha”, para frisar a importância da Comic Con na “criação de um homem é de um mundo melhor”.

A edição deste ano começa com uma homenagem a Stan Lee, responsável pela criação de alguns dos maiores super-heróis e vilões da Marvel, devendo ser visitada por mais de 110 mil visitantes, conta com a participação de vários nomes sonantes nacionais e internacionais, nomeadamente: Anthony Carrigan da série Barry da  HBO, nomeado para os Emmy; Kevin Mcnally, conhecido pelos seus papéis nos filmes “Piratas das Caraíbas”, da Disney; Millie Bobby Brown, protagonista de “Stranger Things”; o ator português Joaquim de Almeida, participante em diversos filmes norte-americanos, entre outros.

A Comic Con Portugal foi criada em 2014 com o objetivo de reunir os fãs da Cultura Pop num “evento extraordinário onde, uma vez por ano, pudessem partilhar a sua paixão por este universo”, afiança Paulo Rocha, acrescentando que “está é a oportunidade perfeita para os visitantes conhecerem de perto os seus ídolos”.

Paulo Rocha revelou que “a NOS mantém-se pelo segundo ano consecutivo, como main sponcer”, sublinhando “ser o fit perfeito com o evento Comic Con Portugal devido ao seu know-how neste género de eventos”.

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.