Para minimizar o isolamento de quem mais precisa, a Câmara de Almada avança com o programa de teleassistência às pessoas isoladas.

A Câmara Municipal de Almada iniciou a primeira fase do projeto de teleassistência que, até outubro 2021, prevê abranger 90 pessoas do concelho que se encontrem isoladas e/ou sem suporte familiar/social.

«Mais perto de quem precisa» é o principal objetivo deste projeto de teleassistência, que tem como principias destinatários pessoas idosas que vivam sozinhas ou que necessitem de um acompanhamento permanente, assim como as pessoas portadoras de deficiência física que desejem assegurar uma resposta mais célere em caso de necessidade.

O objetivo é minimizar o isolamento, dar mais apoio e segurança às pessoas idosas, contribuindo para a sua permanência no domicílio, com autonomia, evitando a institucionalização precoce ou indesejada.

Como funciona

O serviço de teleassistência – segundo explica a edilidade – consiste na colocação de um aparelho em casado utente, ligado ao seu telefone fixo. O aparelho tem um botão de alarme, à prova de água, e uma coluna altifalante. O utente possui uma pulseira com botão de alarme, para que o possa transportar facilmente.

Em caso de queda, qualquer tipo de ocorrência relativamente à saúde ou mesmo por questões de insegurança, o utente prime o botão, desencadeando de imediato uma ligação para a central do serviço.

Quando a central atende a chamada, comunica com a pessoa idosa através do altifalante, sendo feito um primeiro rastreio à ocorrência. A central dispõe de informação detalhada relativa à pessoa idosa, como doenças, tipo de problemas associados e contactos telefónicos da rede social/familiar.

Se algo aconteceu, é de imediato desencadeada uma chamada para as pessoas referenciadas como pessoas de apoio à pessoa idosa para que se desloquem a casa do mesmo. Em seguida, a central entra em contacto com a pessoa idosa, monitoriza a situação e, se for necessário, aciona os mecanismos de socorro.

Semanalmente, é ainda realizado um contacto com o utente para saber se este se encontra bem. A implementação do projeto de teleassistência integra o programa Outubro Social – Almada Somos Nós.

 

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.