Inicio País

País

GOVERNO ENDURECE MEDIDAS E COLOCA MAIS POLICIAS NA RUA

O Governo endureceu a sua posição e alargou as medidas de restrições, lembrando que nos últimos três dias a diminuição da circulação foi mínima. Assim, por causa de alguns, já não se pode tomar uma simples «bica» ao postigo dos cafés e vai haver mais policias na rua.

TRABALHADORES E EMPRESÁRIOS EM NOME INDIVIDUAL PODEM PEDIR APOIOS FINANCEIROS

Enquanto durar o novo estado de confinamento geral, os trabalhadores independentes e os empresários em nome individual podem pedir apoio à redução da atividade económica, cujas valores variam entre os 219 e os 665 euros.

PAÍS VOLTA A FECHAR E ESPERAM-SE 14 MIL CASOS/DIA

O Primeiro Ministro admitiu, hoje, que o novo confinamento terá um «perfil semelhante ao adotado no início da pandemia, no período de março e abril». O Presidente da República, por seu turno, considera necessário voltar a fechar o país, esperando-se 150 óbitos diários no final de janeiro.

VAMOS VOLTAR A ESTAR CONFINADOS COM RESTRIÇÕES À CIRCULAÇÃO

Presidente da República, Governo e a maioria dos deputados estão de acordo com a necessidade de se voltar a ao confinamento geral a partir de 15 de janeiro, após Portugal ter registado sucessivos recordes de novos casos, mortes e hospitalizações por Covid-19. A medida foi confirmada pelo governo neste sábado.

JOÃO FERREIRA JÁ TEM MANDATÁRIO EM ODIVELAS

O candidato à Presidência da República, João Ferreira, já tem um mandatário no concelho de Odivelas. Trata-se do vereador independente pela CDU em Odivelas e professor universitário Florentino Serranheira.

RESTRIÇÕES APERTADAS PARA A PASSAGEM DE ANO

Para o período do Ano Novo estão «proibidas festas públicas ou abertas ao público», não são permitidos ajuntamentos na via pública com mais de seis pessoas, estando proibida a circulação entre concelhos e há recolher obrigatório às 23:00 de 31 de dezembro.

TEMPO DE NATAL E DO MENINO JESUS

Há dois mil anos que o mistério se mantém e aprofunda embora sujeito a crises sucessivas, tem suportado obstáculos múltiplos e vencido contrariedades diversas, de maior ou menor dimensão.

GOVERNO DÁ «ESPERANÇA» ÀS EMPRESAS PAGANDO RENDAS

O Governo anunciou novas medidas para as empresas com o objetivo de mitigar os prejuízos causados pela pandemia. Entre as medidas anunciadas destaca-se o facto de as empresas poderem receber até 50% do valor das rendas a fundo perdido, dependendo das quebras.

GOVERNO ALIVIA MEDIDAS PARA JANTAR DE NATAL

O Governo vai prolongar as medidas de restrição até ao Natal, para depois as poder aliviar nos dias 24, 25 de dezembro e 1 de janeiro, retomando depois o nível de limitações. «Sujeitas a avaliação no dia 18», as medidas podem ser alteradas em função da situação epidemiológica.

MULTAS PESADAS PARA QUEM NÃO USAR MÁSCARAS

O uso obrigatório máscaras vai ser aplicado nos transportes públicos, escolas, comércio e nos «locais fechados em que haja um elevado número de pessoas». Quem não cumprir esta regra está sujeito a uma multa, que pode ir até 350 euros.

DESCARREGUE AS EDIÇÕES

ÚLTIMAS