HOJE FOI DIA NACIONAL DA PROTEÇÃO CIVIL

Assinalou-se hoje, 1 de março, o Dia da Proteção Civil, instituído a nível mundial pela Organização Internacional de Proteção Civil (OIPC). O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não quis deixar passar em branco a efeméride e assinalou o Dia salientando o trabalho de todos os agentes envolvidos.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assinalou hoje o Dia Internacional da Proteção Civil, reconhecendo e elogiando o trabalho de todos os seus agentes e o seu espírito colaborativo e de compromisso.

No sítio oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa refere que «o conceito de Proteção Civil, diretamente associado ao valor ímpar da solidariedade, constitui-se como um dos pilares que contribui diretamente para a estabilidade, segurança e bem-estar dos portugueses, bem como da comunidade internacional».

«O Presidente da República assinala o Dia Internacional da Proteção Civil e, em nome dos portugueses, dirige o seu reconhecimento e apreço a todos os agentes de Proteção Civil que diariamente desenvolvem ações, altamente meritórias, com a finalidade de prevenir e mitigar riscos», enaltece.

O chefe de Estado português congratula-se ainda «pelo espírito colaborativo e de compromisso, que rege a relação entre a pluralidade de agentes, entidades e instituições» do setor e que conduz «a uma resposta, cada vez mais preparada, face a situações de emergência e de socorro».

Todos os anos assinala-se a 1 de março o Dia da Proteção Civil, efeméride instituída a nível mundial pela Organização Internacional de Proteção Civil (OIPC) e a nível nacional por despacho do Ministro da Administração Interna. Este ano, o tema central das comemorações é a «Cultura de Prevenção para uma Sociedade mais Segura».





A escolha do tema visa recordar-nos o papel estruturante que a abordagem centrada na cultura de prevenção tem na edificação de sociedades humanas mais seguras e preparadas para enfrentar os perigos de sempre, mas também os novos que resultam quer da ação do homem sobre o ecossistema global quer do progresso da ciência e tecnologia.

 

Quer comentar a notícia que leu?