Hoje, a partir das 21.30, a banda dos Bombeiros de Fanhões e os solistas Martim Barbosa, Beatriz Carvalho e António Lopes dão um concerto no Zambujal, no âmbito de um «meeting» de clarinetes.A Banda Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fanhões, acompanhada pelos solistas Martim Barbosa, Beatriz Carvalho e António Lopes, vão interpretar várias obras musicais portuguesas e estrangeiras, num concerto que se realiza hoje, a partir das 21.30 H, na Associação Humanitária do Bombeiros Voluntários do Zambujal, integrado no meeting internacional de Clarinetes – Marcos Romão dos Reis Jr, que está a decorrer até 3 de Novembro, em Loures, e que tem como objetivo promover e dar «visibilidade aos talento dos músicos do concelho».

Amanhã, 2 de novembro, pelas 16 horas, é a vez dos Ensemble de Clarinetes darem um concerto no coreto de Fanhões

Ontem, primeiro dia desta iniciativa, a Orquestra de Clarinetes Jaime Carriço atuou na Igreja Matriz de Loures, num concerto realizado no âmbito do Meeting Internacional do Clarinete, onde foi «mostrada» a atividade da Academia do Clarinete, sob a égide da marca Loures, capital do Clarinete.

Num espetáculo com entrada livre para o público, a Orquestra de Clarinetes interpretou alguns temas conhecidos, como o tema principal do filme Regresso ao Futuro, temas populares portugueses, Cantabile, Blues from an American in Paris, Huapango, Canção do Mar e Rikudim.

Atuaram como solistas António Saiote, um artista e pedagogo conhecido mundialmente, e o solista italiano Piero Vincenti, considerado um dos maiores clarinetistas italianos.

Dezenas de pessoas assistiram ao concerto, incluindo o presidente da câmara municipal de Loures, Bernardino Soares, e a presidente da junta de freguesia de Loures, Orlanda Rodrigues.

O município de Loures orgulha-se de ser o berço de «virtuosos músicos clarinetistas», «reconhecidos nacional e internacionalmente».

Entre os mais famosos clarinetistas do concelho de Loures estão Marcos Romão dos Reis Júnior (já falecido), António Saiote, Jaime Carriço e Luís Gomes. Da nova geração, o destaque vai para os clarinetistas Aldara Medeiros e Martim Barbosa.

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.