JÁ EXISTEM MAIS TRANPORTES PÚBLICOS NA REGIÃO METROPOLITANA DE LISBOA

0

No segundo dia de desconfinamento já se nota um maior número de transportes públicos na região metropolitana de Lisboa. A AML, em articulação com as 18 autarquias, operadores e governo, reforçou todas as carreiras da região metropolitana.

A reabertura das escolas, assim como dos estabelecimentos do sector da restauração e serviços, obrigou ao reforço de oferta de transporte rodoviário na área metropolitana de Lisboa. De facto, com a entrada em vigor das medidas da segunda fase de desconfinamento do país assistiu-se, desde ontem ao reforço do serviço público de transporte rodoviário de passageiros.

Segundo a Área Metropolitana de Lisboa, o reforço e a reposição da oferta tentou acompanhar, sobretudo, o regresso das aulas presenciais dos alunos do 11.º e 12.º anos nas escolas secundárias e do 2.º e 3º anos dos cursos profissionais, mas «está também em sintonia com o retomar progressivo de um conjunto diverso de sectores económicos (restauração, comércio, cultura, etc.)».

A AML prevê, explica o comunicado desta entidade, que a retoma progressiva das atividades, e o aumento da procura, vai obrigar a reforços contínuos ao longo das próximas semanas. De qualquer dos modos, os 18 municípios que constituem a AML congratulam-se com a atitude dos operadores de transporte rodoviário de passageiros da área metropolitana de Lisboa que procederam à adaptação da sua oferta, para dar resposta à procura prevista.

Desde segunda-feira foram reforçadas as seguintes carreiras:

Barraqueiro Transportes

Mafrense:

Alteração de horários: carreira 221 Mafra – Torres Vedras.





Reforço de horários: carreiras 200/ 208/ 209/ 229 Ericeira, Zambujal, Mafra para Lisboa

Reforço de circulações e reativação de carreiras escolares: 203 Ericeira – Mafra (via Senhora do Ó), 226 Bocal – Mafra, 224 Enxara dos Cavaleiros – Mafra, 206/ 223 Quintas – Mafra e 217/ 218 Lagoa (Colégio Miramar) – Ericeira, Barril, Quintas (Encarnação) e Sobreiro.

Viagem

Reativação das carreiras: 5 (Alenquer – Vila Franca de Xira), 17 (Carregado/estação – Sobral de Monte Agraço), 22 (Alenquer – Arruda dos Vinhos, por Vila Franca de Xira), 57 (Alverca/estação – Sobral de Monte Agraço) e 60 (Arruda dos Vinhos – Bucelas).

Reforço das carreiras para Lisboa: 1 (Alenquer – Vila Franca de Xira), 2 (Alenquer – Lisboa/Campo Grande, pela AE do Norte), 3 (Alenquer – Lisboa/Campo Grande, pela AE Alverca), 72 (Lisboa, pela A1 – Sobralinho) e 87 (Lisboa – Sobral de Monte Agraço, pela A8) Reforço das carreiras: 18 (Cadafais – Vila Franca de Xira), 19 (Cadafais – Vila Franca de Xira), 41 (Póvoa de Santa Iria – Vila Franca de Xira), 49 (Torre de Cima e Capelas – Vila Franca de Xira/Hospital) e 91 (Vila Franca de Xira/estação – Vila Franca de Xira/hospital).

Isidoro Duarte

Reativação das carreiras: 215 (Rólia – Venda do Pinheiro/ Malveira) e 216 (Cachoeira – Malveira/Venda do Pinheiro).

Rodoviária de Lisboa:

Ativação da carreira 306 (urbana de Camarate).

Transportes Sul do Tejo

Ativação das carreiras: 102 (Almada/Fórum – Cacilhas, via Quinta do Chegadinho), 143 (Corroios/estação – Vale Figueira/escola Daniel Sampaio), 174 (Costa de Caparica – Vale de Figueira/escola), 179 (Charneca de Caparica – Vale Figueira/escola, Via Vale Fetal), 234 (Fornos – Casais de Sampaio), 243 (Charneca da Cotovia/Parque de Campismo Valbom – Sesimbra, Via Sampaio), 254 (Cacilhas – Quinta do Conde, via Redondos), 311 (Penalva – Moita/Alto S. Sebastião, via Bº Alentejano), 313 (Moita – Quatro Marcos), 404 (Bairro da Bela Vista/Afonsoeiro – Bairro Saldanha), 419 ( Alcochete – Atalaia), 446 (Faias – Pinhal Novo/escola, via Poçeirão Esc.), 447 (Loja Nova de Faias – Palmela, via Forninho), 747 (Loja Nova de Faias – Pinhal Novo/escola, via Brejos do Poço), 758 (Lagameças – Setúbal), 764 (Águas de Moura – Setúbal) e 770 (Quinta do Conde – Setúbal, via Negreiros).

Reforço de horário das carreiras: 123; 133; 201; 203; 211; 222; 227; 229; 230; 240; 247; 318 e 709 e extensão do percurso da carreira 601 (Setúbal/mercado -Manteigadas).

Serão também repostas as seguintes carreiras para Lisboa, via Ponte 25 de Abril, com destino a Lisboa (Areeiro, Cidade Universitária e Marquês de Pombal): 151 (Charneca da Caparica/Solmar – Lisboa/Marquês do Pombal), 155 (Costa da Caparica – Lisboa/Marquês do Pombal), 160 (Almada – Lisboa/Areeiro, via Alcântara), 161 Costa de Caparica –Lisboa/ Areeiro, via Alcântara), 169 (Lisboa/Marquês de Pombal – Santa Marta do Pinhal, Via Feijó), 176 (Almada/São João Batista – Lisboa/Cidade Universitária, via Alcântara) e 190 (Charneca de Caparica – Lisboa/Areeiro, via Alcântara).

A AML anuncia ainda que a oferta disponibilizada «no acesso às escolas poderá vir a sofrer ajustes durante a próxima semana, de acordo com as necessidades identificadas, num trabalho de parametrização conjunto entre operadores, agrupamentos de escolas, câmaras municipais e Área Metropolitana de Lisboa».

Por outro lado, esta entidade relembra que é obrigatório o uso de máscara e que a compra do título de transporte deve ser feita antecipadamente, nos diversos canais disponíveis, não sendo possível a sua aquisição a bordo na maioria dos operadores, revelando que, tendo em conta a presente situação, a Área Metropolitana de Lisboa lançou, desde 18 de maio, uma campanha de promoção e incentivo à utilização de transportes públicos de passageiros, com o lema «seguramente, vá de transportes». As medidas de segurança, como a utilização de máscara, limites de lotação dos veículos, compra antecipada de títulos, e limpeza, higienização e arejamento dos veículos serão o foco central desta campanha, que se prolongará pelo mês de junho.

Escreva aqui o seu comentário...