Lisboa premiou 150 restaurantes com galardões “garfo”, lembrando o papel da restauração no acolhimento dos turistas que nos visitam que, actualmente, “deixam na região da capital” 13 mil milhões de euros.A importância económica da restauração na vida da cidade de Lisboa foi realçada no decorrer da entrega de Prémios do concurso gastronómico “Lisboa à Prova 2018”, que decorreu, esta tarde, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, tendo recebido o galardão 1 Garfo – 108 estabelecimentos, 2 Garfos – 36 restaurantes e 3 Garfos, o mais importante, 6 unidades.

Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, agradeceu “à restauração pelo trabalho que tem desenvolvido na criação da riqueza para a cidade e região de Lisboa”, lembrando que o turismo representa uma entrada de 13 mil milhões de euros na região de Lisboa, dos quais 10 mil milhões de euros são “arrecadados” pela capital.

O presidente da edilidade, que fez questão de salientar que mais de 180 mil pessoas vivem da restauração, defendeu que a criação do novo aeroporto de Lisboa e o prolongamento da rede metropolitana são duas medidas que, a médio prazo, vão valorizar a actividade turística na região.

Qualidade e inovação foram as duas palavras mais utilizadas pelo presidente do município para salientar a importância da actividade hoteleira na promoção turística. “Com arte e engenho”, o setor tem conseguido cativar novos mercados e, assim, criar riqueza para a cidade.O “Lisboa à Prova” é um projeto promovido pela Câmara de Lisboa, Turismo de Lisboa e AHRESP – Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, dirigido aos estabelecimentos de restauração e tem como principal objetivo valorizar o setor da restauração, promover a gastronomia da capital enquanto fator de atração turística da cidade e estimular o setor da restauração para um constante aumento da qualidade dos serviços prestados.

Os prémios de 1 Garfo, 2 Garfos e 3 Garfos, são o culminar de vários meses de visitas e avaliações aos restaurantes inscritos, que prefazem no total cerca de 700 visitas realizadas por um júri seleccionado. Os restaurantes inscrevem-se nas categorias de Cozinha Tradicional Portuguesa, Cozinha do Mundo e Cozinha Contemporânea, e têm como critérios base de avaliação a cozinha, o serviço, o ambiente e a relação  qualidade/preço.Nesta edição de 2018, em que juntamente estiveram em prova vários projectos de referência da Cidade e muitos outros mais recentes na restauração, verificou-se o maior número de inscrições de sempre no Concurso. Foram cerca de 36 os restaurantes que participaram pela primeira vez no Concurso e se classificaram como premiados, exemplo disso mesmo é o EPUR, que atingiu directamente o escalão máximo do Concurso, 3 Garfos, na sua primeira participação, informa a AHRESP.

Lista dos restaurantes premiados:

Os 108 restaurantes que obtiveram “1 Garfo”:

A Tapadinha; Adega da Tia Matilde; Água pela Barba; Águas Livres; Aldeia; Alecrim no Prato; Aprazível; Ararate – Armenian Restaurant; Azul e Branco; Bacalhau com todos; Balcão da Esquina; Balcão HSP; Bastardo; Bel’Empada; Bellalisa Elevador; Bistro Edelweiss; Bossa; Boteco do Largo; Brasserie de L’entrecôte-Chiado; Brasserie de L’entrecôte-Parque das Nações; Butchers; Cais da Pedra; Carnalentejana; Casa de Linhares; Casa de Pasto; Casa dos Pecados; Cervejaria Ribadouro; Ciao Gaucho; Clube Lisboeta; Costa do Malabar; Cruzzeria Lisboa; Delidelux – Av. da Liberdade; Downunder by Justin Jennings; Duetos da Sé; DUK; Duplex Restaurante Bar; El Bulo Social Club; Espaço Espelho d’Água; EsteOeste; Evereste Montanha – Av. Do Brasil; Fumeiro de Santa Catarina; Grelhados de Alcantâra; Il Covo; Jardim dos Sentidos; KOB – Knowledge of Beef; La Parisienne; La Pasta Fresca; La vita e bella; Leo Restaurante; LostIn Esplanada; Lumi Rooftop; Luz; Mãe Cozinha com Amor; Mar ao Carmo; Maria Catita; Masstige; Meson Andaluz; Momento HB; Moules & Beer; O Carmo; Ofício; Optimista; Os Tibetanos; Pão à Mesa com Certeza; Papi & Lobster; Paralelo 45; Pastanaga; Páteo Velho; Pesqueiro25; Pestiscaria Ideal; Pigmeu; Pimenta Rosa; Portugália Cervejaria – Belém; Portugália Cervejaria – Cais do Sodré; PSI Restaurante Vegetariano; Restaurante Café Portugal; Restaurante D’Bacalhau; Restaurante Dom Henrique; Restaurante Gardens; Restaurante Mediterrâneo; Restaurante Sessenta; Restaurante Típico O Madeirense; Restaurante Típico Senhor Vinho; Rio Maravilha; Rossio – Restaurante Bar Terraço; Sacramento Garrett; SOI  – Asian Street Food; Solar 31 da Calçada; Solar dos Nunes; Sushi Café Amoreiras; Taberna da Esperança; Taberna do Lis; Tapisco; Terceiro Sentido Bistrô; The Decadente; The Insólito; The Vintage Lisbon; Trato 32; Travessa do Fado; Tsubaki; Unique Sushi Lab; Varanda de Lisboa; Viva Lisboa; Zambeze; Zazah; Zé do Cozido; .Zero Zero Principe Real.

Os 36 restaurantes que obtiveram “2 Garfos”:

1300 Taberna; A Cevicheria; Afuri; AKLA; Ânfora; Aura Lisboa; Bistrô4; Cafetaria Mensagem; Casa Lisboa; Eleven; Faz Figura; Flor-de-Lis; Grill D. Fernando; Lisboa à Noite; Local; Mercearia L’Praino; O Asiático; O Talho; Olivier Avenida; Peixaria da Esquina; Pesca; Quorum; Restaurante Jockey; Restaurante Lapa; Sacramento do Chiado; Sala de Corte; Sála de João Sá; Salsa & Coentros; Segundo Muelle; Sítio Valverde; Suba; Tasca da Esquina; The Old House; Valle Flor; Via Graça; Yakusa.

Os 6 restaurantes que obtiveram o prémio máximo de “3 Garfos”:

Alma; EPUR; Feitoria; Panorama; River Lounge; Varanda do Ritz.

Lista de Premiados

About The Author

Related Posts

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.