LISBOA É CAPITAL VERDE EUROPEIA A PARTIR DE SÁBADO

0

António Guterres e Marcelo Rebelo de Sousa presidem, sábado, às cerimónias de início das atividades da Capital Verde Europeia 2020. Para assinalar a data vão ser plantadas 20 mil árvores na capital portuguesa.O início das Cerimónias de Lisboa Capital Verde Europeia começam oficialmente este sábado (11 de janeiro), com intervenções do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, do primeiro-ministro, António Costa, e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

É no Alto do Parque Eduardo VII (Jardim Amália Rodrigues), junto à Bandeira de Portugal, que vão decorrer as cerimónias de abertura com o ato solene do hastear da Bandeira Nacional.

De seguida, terá lugar no Pavilhão Carlos Lopes a cerimónia de passagem da distinção de Oslo para Lisboa, contando também com a presença do vice-presidente da Comissão Europeia, Franz Timmermans. A passagem de testemunho será protagonizada pelo comissário europeu para o Ambiente, Oceanos e Pescas, Virginijus Sinkevičius, pelo presidente-governador da Câmara de Oslo, Raymond Johansen, e pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Entre os primeiros eventos desta iniciativa da Comissão Europeia, realizam-se: o Jantar Oficial promovido pela UE, na sexta-feira, dia 10, 18h30, na Estufa Fria; a inauguração da nova exposição do Oceanário de Lisboa «O Mar como nunca o sentiu»

Já no sábado, pelas 11h00, vai ser inaugurada «uma instalação» da autoria da artista portuguesa Maya, que apresenta imagens filmadas exclusivamente no mar de Portugal e transmite uma mensagem profunda sobre a ligação ancestral do Homem com o Mar. Estarão presentes o primeiro-ministro, António Costa, o presidente da CML, Fernando Medina, o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, e o presidente da Fundação Oceano Azul e Oceanário de Lisboa, José Soares dos Santos;

No domingo, 12 de janeiro, pelas 10 horas, vai acontecer o «Plante a Sua Árvore». Assim, Lisboa vai assistir à maior plantação de árvores, num único dia. Serão plantadas, em quatro locais distintos (Parque Urbano do Vale da Ameixoeira, junto à piscina de Santa Clara, Parque Urbano do Vale da Montanha, Corredor Verde de Monsanto e Encosta do Calhau e Parque Urbano do Rio Seco na Ajuda) 20 mil árvores. O objetivo é ter mais 100 mil árvores na cidade, acrescentando às 800 mil que existem, até 2021.





Programa geral de Lisboa Capital Verde Europeia

Escreva aqui o seu comentário...